Segunda a Sexta-feira das 08 às 12Hs e 13:15 às 18Hs

Notícias

Faculdade não terá de indenizar diretor que reverteu justa causa por suposto furto de HDs

A Sociedade de Ensino Superior e Assessoria Técnica (SESAT), do Rio de Janeiro, conseguiu em recurso para o Tribunal Superior do Trabalho a exclusão da indenização por danos morais no valor de R$ 60 mil a um ex-diretor acusado de furtar HDs da empresa. Embora a justa causa aplicada a ele tenha sido revertida em juízo, não ficou demonstrado que ele tenha sofrido tratamento humilhante por parte da empregadora.
Fonte: Econet Editora