Segunda a Sexta-feira das 08 às 12Hs e 13:15 às 18Hs

Notícias

Esposa de bancário interditado demonstra que não há prescrição contra o absolutamente incapaz

A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho afirmou que não há prazo prescricional no caso de um empregado do Banco do Brasil que foi acometido de esquizofrenia paranoide e levado a ser interditado judicialmente em razão da doença. A decisão baseou-se no artigo 198, inciso I, do Código Civil, segundo a qual não há fluência do prazo prescricional contra o absolutamente incapaz.
Fonte: Econet Editora