Segunda a Sexta-feira das 08 às 12Hs e 13:15 às 18Hs

Notícias

Demora de empregado em buscar tratamento para malária reduz valor de indenização a viúva e filha

A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Construtora Norberto Odebrecht S.A. a pagar indenização por danos morais e materiais à viúva e à filha de um encarregado que morreu em decorrência de malária contraída no período em que trabalhou para a empreiteira em Angola. No arbitramento do valor da condenação, a Turma considerou que o descuido do empregado com a doença caracterizou a chamada culpa concorrente da vítima, o que reduz o valor final da indenização.
Fonte: Econet Editora