Segunda a Sexta-feira das 08 às 12Hs e 13:15 às 18Hs

Notícias

Bancário que teve depressão após dispensa discriminatória tem indenização reduzida

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho reduziu de R$ 600 mil para R$ 200 mil o valor da indenização por danos morais que o Banco do Brasil deve pagar a bancário que desencadeou depressão após ser dispensado discriminatoriamente. No entendimento da Turma, o valor arbitrado no juízo segundo grau foi desproporcional ao dano.
Fonte: Econet Editora